Boda Régia na Portagem – Marvão

A 3 Km da Casa da Escusa “Durante os días 3, 4 e 5 de agosto de 2012, Marvão e Valencia de Alcântara evocarão um facto histórico, o casamento celebrado na Vila de Valencia de Alcântara em 1497 entre a Infanta D. Isabel, filha dos Reis Católicos, e o Rei de Portugal, D. Manuel “O Venturoso”. Este será o primeiro ano que se comemora e organiza o evento de forma conjunta entre as duas Vilas.
Esta celebração, que decorrerá nos dias 3, 4 e 5 de agosto de 2012, está baseada no Casamento Real que ocorreu em Valencia de Alcântara em 1497 entre a Infanta Isabel, filha dos Reis Católicos e o Rei de Portugal D. Manuel “O Venturoso”. Para tal, as duas Vilas recriarão a vida daquela época, sendo o Bairro Gótico em Valencia de Alcântara, nos dias 4 e 5, e a zona da Portagem, em Marvão, no dia 3, os marcos escolhidos para dar as boas-vindas aos noivos, que, através da decoração das suas ruas, nos farão reviver os usos e costumes do passado, para além de nos deliciarem com os produtos típicos da terra.
As atividades terão início sexta-feira dia 3 de Agosto, a partir das 20h30 com o encontro das Comitivas na Torre da Portagem – Marvão, encenando o Acordo celebrado entre as autoridades das duas Vilas. Posteriormente ocorrerá o desfile das Comitivas com animação de rua, encerrando-se o encontro com uma Ceia Medieval nas margens do rio Sever.


Nos dias 4 e 5 de Agosto, em Valencia de Alcântara, no extraordinário palco do seu Bairro Gótico, representar-se-á a vida quotidiana do século XV e instalar-se-á um Mercado Medieval durante o dia, sempre amenizado com uma variada animação de rua e pequenas representações teatrais. No dia 4, realizar-se-á um desfile da Comitiva Real até à Plaza de la Constitución, acompanhada duma Batukada Medieval com fogos artificiais, seguindo-se, em homenagem à Comitiva Real, a celebração de Teatros, Bailes, e a atuação musical do grupo “Comodines Folk”.
No día 5, o Templo de Rocamador, lugar donde se celebrou o enlace histórico, continuará a ser o eixo principal dos atos e a sua esplanada será o cenário da representação teatral da obra “Que en Valencia se casaron… La de Alcántara, Señor”, original de Javier Uriarte e Simón Ferrero, na qual se evocará este facto histórico.
Devido ao éxito obtido nas edições anteriores, este ano terá lugar também a III Rota da Tapa Medieval, em que participarão 13 estabelecimentos da localidade e que nos proporcionarão a possibilidade de provar muitas iguarias ao longo dos três dias que dura o certame, num vasto leque de tapas quentes e frias com acentuado cariz medieval.”

fonte: http://www.cm-marvao.pt/

Consulte também: https://casaescusa.wordpress.com/2012/07/17/boda-regia-em-valencia-de-alcantara/

Anúncios