Cascata da Rabaça / Cabroeira

A geografia com declives muito acentuados e a existência de várias nascentes de rios e ribeiras como o Rio Xévora ou Gévora afluente do Rio Guadiana o Rio Sever afluente do Rio Tejo, leva à existência de várias cascatas no Parque Natural da Serra de S. Mamede em pleno Alentejo, para além da beleza das cascatas de S. Julião, as cascatas formam pequeno açudes onde nos é possível refrescar em águas cristalinas. Os acessos não sendo dificeis exigem alguma destreza.

 

Esta cascata fica perto da localidade de Rabaça, numa zona chamada Cabroeira, a escassos metros da fronteira com Espanha e da Rabaza espanhola, nas coordenadas GPS: 39.262214, -7.250719

Consulte o mapa interactivo

No Ponto A localiza-se a Casa da Escusa

No ponto B, situa-se a aldeia de Rabaça

No Ponto C, onde se corta à direita e se entra no caminho de terra (vindo em sentido contrário ao apresentado na fotografia abaixo)

No Ponto D, o curso de água onde se situa a cascata

Esta fotografia foi tirada em sentido contrário para melhor visualização da zona, vindo da Casa da Escusa, corta-se à direita.

 

 

 

Tal como se percebe pelo mapa, depois da casa situada à esquerda em frente dos eucaliptos, deve-se estacionar ou mais frente cerca de 20 metros, e seguir a pé por este caminho.


Avista-se uma pequena horta e um rebanho de cabras

Continua-se a subir junto a esta casa abandonada.

Ao olhar para trás avista-se Espanha, a cerca de 1 Km, que é aquela zona mais seca

Ao chegarmos aos rochedos avista-se a Cascata.


É possível descer contornando os rochedos passando junto à casa, ou por outro caminho mais ao largo, ou ainda vindo de frente,  tal como se confirma pelo mapa interactivo.

Os vários açudes convidam a entrar na água.

Anúncios